Facebook
Contato
Mapa do Site
Acessibilidade
A+
A-
Contraste
Retornar acessibilidade

Notícia

Câncer de mama é tema de palestra para profissionais da atenção básica


Publicado em: 17/10/2018 13:21 | Fonte/Agência: Comunicação Social CISBAF | Autor: Claudia Souza

Câncer de mama é tema de palestra para profissionais da atenção básica


NEP/CISBAF aproveitam campanha Outubro Rosa com intuito de capacitar e qualificar assistência

  

Aproveitando o período da campanha Outubro Rosa, voltada à conscientização das mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama, o Núcleo de Educação Permanente da Baixada Fluminense (NEP/CISBAF) realizou palestra sobre o tema para os agentes comunitários de saúde que atuam na Estratégia da Saúde da Família dos municípios da região, no dia 16, na sede do consórcio. O objetivo é fortalecer as recomendações do Ministério da Saúde para o rastreamento e o diagnóstico precoce do câncer de mama, bem como desmistificar conceitos em relação à doença.

Segundo a coordenadora do NEP/CISBAF, Dra. Sonia Zimbaro, a proposta do NEP é sempre levar a informação mais atualizada possível e em uma linguagem simples para as equipes que trabalham na Estratégia da Saúde da Família, a fim de que os cuidados oferecidos à população sejam mais assertivos e humanizados. “A qualificação permanente dos mais diversos profissionais irá refletir na qualidade da assistência dada aos pacientes nas unidades municipais de saúde”, comenta a coordenadora.

A agente comunitária de saúde, Marlúcia de Fátima C. de Oliveira, trabalha na USF Buraco da Onça, em Piabetá, Magé. Além de elogiar a apresentação e a iniciativa do Cisbaf, ela apoia a multiplicação da informação aos demais profissionais da área da saúde. “Achei a palestra muito boa porque muitas vezes a gente faz uma pesquisa na internet, mas as informações não são fáceis de entender. Aqui, a palestra usou uma linguagem mais simples, o que facilitou o entendimento. Assim, a gente se sente mais seguro para orientar o paciente. E acredito que iniciativas como esta são importantes para todos os profissionais da saúde. É uma forma de aprendizado muito importante e que ajudará no atendimento ao paciente na unidade de saúde. Gostei muito”, destacou.

Durante a apresentação, Zimbaro enfatizou alguns pontos, tais como: a importância de a mulher conhecer suas mamas e ficar atenta às alterações suspeitas, a realização de mamografia de rastreamento a cada dois anos para mulheres de 50 a 69 anos, a relevância do autoexame, a diferença entre mamografia de rastreamento e diagnóstica, os benefícios e malefícios da mamografia de rastreamento, etc.

O ACS Jean Leandro Soares, do Posto Alecrim, em Japeri, também gostou da capacitação. “Achei a palestra produtiva e tirou várias dúvidas, principalmente, sobre o câncer de mama no homem. A Dra. Sonia aprofundou essa questão e achei bastante interessante. Normalmente, as campanhas focam muito no câncer de mama feminino, mas não falam muito nos riscos para o homem. Foi muito esclarecedor”.

 

 

 

 

 

 


Voltar
Top