Facebook
Contato
Mapa do Site
Acessibilidade
A+
A-
Contraste
Retornar acessibilidade

Notícia

Profissionais da Central de Regulação do SAMU são capacitados pelo NEP


Publicado em: 03/10/2018 15:51 | Fonte/Agência: Comunicação Social CISBAF | Autor: Claudia Souza

Profissionais da Central de Regulação do SAMU são capacitados pelo NEP

 

A equipe do NEP/CISBAF – Núcleo de Educação Permanente da Baixada Fluminense vem ao longo do ano capacitando os profissionais que atuam na Central de Regulação do Samu 192 Baixada Fluminense. O objetivo principal é padronizar e qualificar o atendimento prestado à população que recorre ao serviço, bem como dar orientações básicas que auxiliem na identificação dos casos mais graves, a fim de priorizar a saída das ambulâncias que ficam nas bases municipalizadas.

            Pensando em expandir a visão do serviço, a coordenadora do NEP, Dra. Sonia Zimbaro, teve a iniciativa de levar um grupo de profissionais a uma visita técnica à base do Samu 192 de Nova Iguaçu, onde foram recebidos pelo superintendente de Urgência e Emergência de Nova Iguaçu, Dr. Ney Cerqueira, e pelo coordenador do Samu 192 NI, Délio Barboza de Sá. “Fazendo a interface teoria e prática, fica mais fácil para a equipe da Central de Regulação que recebe as ligações feitas ao 192, entender a postura maia adequada a ser adotada diante de cada solicitação. Conhecer a estrutura de uma base do Samu 192 e os recursos que ela dispõem enriqueceram esse aprendizado”, explica Zimbaro.

            Luziana de Lima Ramalho que participou da visita técnica elogiou muito a iniciativa. “Conseguimos ter contato com a realidade da equipe que fica na base municipal, o que facilita nosso trabalho dentro da Central. Essa visita nos possibilitou entender a importância da regulação bem feita, que começa no atendimento ao solicitante. Saber extrair o máximo de informação de forma precisa e rápida ajudará a qualificar a ocorrência e que tipo de ambulância deverá ser encaminhado à casa do paciente”.

            Doraci de Oliveira Peron também agradeceu a oportunidade e ressaltou que os treinamentos são fundamentais na formação e ampliação do conhecimento. “As capacitações ajudam a expandir o nosso conhecimento, a corrigir possíveis falhas e a identificar onde podemos melhorar. A prática é importante para dar agilidade ao atendimento, já que lidamos com vidas em risco. Melhorou muito nossa forma de pensar e agir”, complementou.

 

 

 


Voltar
Top