Facebook
Contato
Mapa do Site
Acessibilidade
A+
A-
Contraste
Retornar acessibilidade

Notícia

Agentes Comunitários de Saúde participam de mais um curso no Cisbaf


Publicado em: 19/06/2018 17:00 | Fonte/Agência: Comunicação Social / Cisbaf | Autor: Claudia Souza

Agentes Comunitários de Saúde participam de mais um curso no Cisbaf

 

Agentes Comunitários de Saúde dos municípios de Belford Roxo, Duque de Caxias e Japeri participaram nesta terça-feira (19) de mais um curso ministrado pelo Cisbaf, através do Núcleo de Educação Permanente (NEP), na sede do consórcio, em Nova Iguaçu. O curso “Aperfeiçoamento em Sinais Vitais” mostrou a importância em saber aferir e identificar alterações do quadro da saúde por meio da verificação da pressão arterial, pulsação, temperatura, dor e frequência respiratória. 

– Nós desejamos que os profissionais saiam daqui com a compreensão teórica e prática da aferição correta dos sinais vitais no paciente. Os ACS são importantes aliados no trabalho das equipes da Estratégia de Saúde da Família (ESF) dentro das comunidades e podem auxiliar a identificar sinais e sintomas que indiquem uma doença grave, como a hipertensão arterial, por exemplo, uma doença silenciosa, na maior parte das vezes – explica a enfermeira do NEP/Cisbaf, Ana Lucia Guimarães.

Durante a aula, a enfermeira alertou que algumas condições afetam os sinais vitais, tais como: exercício físico, alimentação, clima tropical, banhos quentes e frios, bexiga cheia, estresse, uso de medicamento, fumo e álcool. Ao final da parte teórica, Ana Lucia treinou com cada participante a aferição da pressão arterial.

Trabalhando há 13 anos como ACS, Rosa dos Santos Costa, do PSF Xavante, em Belford Roxo, ficou muito satisfeita com novas descobertas. “Gostei muito da parte do olhar diferenciado e humanizado no trato com o paciente, e ainda aprendi a aferir a pressão arterial. A aula foi muito boa, a forma de apresentação é simples, o que facilitou o entendimento. Estou muito satisfeita e quero participar dos outros cursos que o Cisbaf realizar”, destacou.

A ACS Rafaela Machado da Silva, do Posto de Saúde Guandu, em Japeri, também aproveitou o curso para aprender. “Vi uma nova técnica para verificar a pressão arterial, sentindo a pulsação da pessoa antes, o que diminui a margem de erro. Achei isso bem interessante.”

 


Voltar
Top